21 infrações que podem suspender sua CNH por até 1 ano e meio

A suspensão da CNH é uma das penalidades mais temidas pelos condutores, já que, ao recebê-la, o motorista fica impedido de dirigir por um período de tempo específico. O tempo que a CNH pode ficar suspensa é variável de acordo com o tipo de infração cometida.

Quando o motivo da suspensão é o acúmulo de pontos na carteira, o número de infrações cometidas pelo condutor, em um período de 12 meses, é o que pode levar à perda do direito de dirigir por suspensão.

Contudo, há casos em que o condutor pode ter a CNH suspensa por até um ano e meio ao cometer uma única infração. Refiro-me, assim, aos casos de cometimento de infrações autossuspensivas.

Essa caracterização é dada a um grupo específico de infrações entre as que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) classifica como infrações gravíssimas. Ao cometer uma delas, o motorista gera um maior risco para a segurança no trânsito, em relação ao cometimento das demais infrações também consideradas gravíssimas.

Por isso, além de receber um alto valor em multa, o condutor ainda tem sua CNH suspensa. É importante que você, condutor, conheça as infrações que levam à suspensão sem o acúmulo de pontos. Assim, não será surpreendido por um processo de suspensão da carteira ao cometer apenas uma infração.

Quais infrações podem render até 1 ano e meio de suspensão?

Nesses casos, estão incluídas as seguintes infrações:

  • Artigo 165 – dirigir sob a influência de álcool;
  • Artigo 165-A – recusar a realização do teste do bafômetro;
  • Artigo 170 – dirigir ameaçando os pedestres ou os demais veículos;
  • Artigo 173 – disputar corrida;
  • Artigo 174 – promover racha;
  • Artigo 175 – realizar manobra perigosa;
  • Artigo 176, inciso I – enquanto condutor envolvido em acidente, deixar de prestar socorro à vítima;
  • Artigo 176, II – enquanto condutor envolvido em acidente, não adotar medidas de segurança no local;
  • Artigo 176, III -enquanto condutor envolvido em acidente, não facilitar o trabalho da perícia;
  • Artigo 176, IV – enquanto condutor envolvido em acidente, recusar-se a mover o veículo do local;
  • Artigo 176, V – enquanto condutor envolvido em acidente, não prestar informações para BO;
  • Artigo 191 – forçar passagem entre veículos;
  • Artigo 210 – transpor, sem autorização, bloqueio rodoviário policial;
  • Artigo 218, III – transitar em velocidade superior a 50% da máxima permitida;
  • Artigo 244, I – conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor sem usar capacete com viseira ou óculos e vestuário de acordo com o CONTRAN;
  • Artigo 244, II – conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor transportando passageiro sem capacete ou fora do assento correto;
  • Artigo 244, III – conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor fazendo malabarismos e empinando;
  • Artigo 244, IV – conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor com os faróis apagados;
  • Artigo 244, V – conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor transportando criança menor de 07 anos;
  • Artigo 253-A – usar veículo para interromper a circulação na via sem autorização.

Infrações autossuspensivas têm multas variáveis

Dentre todas as infrações autossuspensivas, encontram-se algumas bastante conhecidas dos motoristas. Como por exemplos, a infração por dirigir sob influência de álcool, descrita no artigo 165 do CTB.

E, também, a infração por trafegar a uma velocidade superior ao limite da via em mais de 50%, indicada no artigo 218, inciso III, do Código de Trânsito.

Contudo, o valor da multa é diferente para cada uma delas. Por isso, é importante você saber que todas as infrações gravíssimas inclusas no grupo de autossuspensivas levam à perda temporária do direito de dirigir, mas o valor da multa gerada por elas varia.

Essa variação é determinada pela aplicação do fator multiplicador sobre o custo base de uma multa gravíssima. O valor base, que é de R$ 293,47, pode ser multiplicado por 2, 3, 5, 10, 20 e, até mesmo, 60.

Dessa maneira, a multa terá um valor em conformidade com o fator multiplicador aplicado sobre ela. Dos dois exemplos de infração autossuspensiva, o primeiro citado – dirigir sob a influência de álcool – gera multa multiplicada por 10. Assim, nesse caso, a multa custará R$ 2.934,70.

No segundo exemplo, constituído pela infração por dirigir em velocidade superior ao limite da via em mais de 50%, o valor base da multa gravíssima é multiplicado por 3. O valor da multa é, portanto, R$ 880,41.

Há, no entanto, casos de infrações autossuspensivas em que a multa não é submetida ao fator multiplicador. Assim, seu custo é equivalente ao valor de base: R$293,47 – caso da infração por dirigir moto sem capacete, prevista no art. 244, I, do CTB.

Tempo de suspensão muda conforme infração

Quanto ao tempo de suspensão que você pode receber ao cometer uma infração autossuspensiva, também há possibilidades de variação. Os períodos podem chegar até a 18 meses.

O tempo de suspensão para quem comete esse tipo de infração será de, no mínimo, 2 meses e, no máximo, 8 meses, segundo art. 261, §1º, II, do CTB.

Ao ser reincidente na infração, ou seja, ao cometê-la novamente no período de um ano, o tempo de suspensão aumenta. Ela poderá variar, assim, de 8 a 18 meses. Ou seja, apenas uma única infração, se cometida duas vezes, poderá deixá-lo sem dirigir por um ano e meio.

Você precisa saber, no entanto, que algumas infrações autossuspensivas já têm seu tempo de suspensão especificado no dispositivo que as descreve no Código de Trânsito.

Assim, retomando um dos exemplos anteriores, na infração por dirigir sob a influência de álcool, pode-se observar um tempo de suspensão específico da infração.

O condutor flagrado dirigindo nessas condições poderá ter a carteira suspensa por 12 meses, sem possibilidade de alteração no tempo.

Ao ser autuado por uma infração autossuspensiva, conhecer as especificações do tempo de suspensão também é importante.

Inclusive, para você ter certeza de que as penalidades não estão sendo aplicadas de forma equivocada pelas autoridades.

Apesar de serem infrações que podem causar maior prejuízo à segurança, as infrações autossuspensivas não geram penalidades irreversíveis.

Porque o Recorra Aqui pode te ajudar a recorrer da sua multa?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato! Faremos uma CONSULTA GRATUITA do seu caso e ficaremos feliz em ajudá-lo. Nosso e-mail é [email protected] e nosso WhatsApp é (14) 99701-4520, ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

Também estamos nos seguintes canais:

FacebookInstagramCanal no Youtube

Se você gostou, COMPARTILHE para que mais pessoas saibam como recorrer de suas multas de trânsito.

Compartilhe

10 comentários sobre “21 infrações que podem suspender sua CNH por até 1 ano e meio”

    1. Recorra Aqui

      David, normalmente essa multa gera a suspensão do direito de dirigir! Mas calma que você ainda pode recorrer!
      Para uma CONSULTA GRATUITA entre em contato por e-mail: [email protected] ou por WhatsApp: (14) 99701-4520 ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

    1. Recorra Aqui

      Pedro, precisamos analisar o seu caso para te passar quais suas reais chances de deferimento!
      Para uma CONSULTA GRATUITA entre em contato por e-mail: [email protected] ou por WhatsApp: (14) 99701-4520 ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

    1. Recorra Aqui

      Oi Anderson, enquanto não tiver instaurado processo de suspensão e enquanto não houver uma decisão final suspendendo o seu direito de dirigir, o sr pode continuar dirigindo normalmente.
      Para uma CONSULTA GRATUITA entre em contato por e-mail: [email protected] ou por WhatsApp: (14) 99701-4520 ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

    1. Recorra Aqui

      Oi Caio, precisamos ver qual sua real situação.
      Para uma CONSULTA GRATUITA entre em contato por e-mail: [email protected] ou por WhatsApp: (14) 99701-4520 ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

    1. Recorra Aqui

      Oi Aline, precisamos analisar o seu caso.
      Para uma CONSULTA GRATUITA entre em contato por e-mail: [email protected] ou por WhatsApp: (14) 99701-4520 ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.