Carros rebaixados: qual o preço e como legalizar?

Entre os apaixonados por carros, as modificações veiculares sempre foram unânimes. Melhoras no motor, carroceria, entre outros, são a pauta preferida dos amantes do tuning.

Se você, condutor e apaixonado pelo seu veículo, quer aprender a rebaixar o seu automóvel, corretamente, fique atento as nossas dicas.

Como legalizar?

O primeiro passo, para quem ainda não rebaixou seu carro, é solicitar a Autorização Prévia da Autoridade de Trânsito (DETRAN-CIRETRAN). É importante fazer isso antes de realizar a modificação no carro.

O segundo passo, já depois de ter sido realizada a alteração no automóvel, é obter um Certificado de Segurança Veicular, CSV.

Se o condutor já realizou a alteração no carro, sem prévia autorização do Detran, o procedimento é o mesmo, porém com uma multa administrativa no valor de aproximadamente R$ 120,00.

Como conseguir o Certificado de Segurança Veicular

Para conseguir o Certificado de Segurança Veicular, são necessários alguns passos:

  • Vistoria no Detran;
  • Vistoria em uma Unidade credenciada pelo Inmetro.

Com a aprovação, após as vistorias, recebe-se o CSV – Certificado de Segurança Veicular. Com este documento em mãos, o condutor precisa providenciar mais alguns documentos:

  • CRV (Documento do Veículo) ou declaração de extravio;
  • Nota fiscal das peças utilizadas;
  • Nota Fiscal do serviço, de preferência realizado por oficina autorizada. Caso tenha sido feito por meios próprios, é necessário ter uma declaração específica – do proprietário. Neste caso com firma reconhecida se responsabilizando civil e criminalmente pelo serviço, com todos os dados do veículo e do proprietário.

Quanto custa para legalizar carro rebaixado?

O valor para legalizar um carro rebaixado, com a emissão dos documentos citados, pode variar entre os estados do Brasil. Contudo, custa, em média, em torno de R$ 300,00, fora os gastos com o seu mecânico de confiança. Portanto, é bom estar prevenido e ter uma grana extra, caso for preciso.

Dicas importantes

  • Antes de levar o automóvel para as vistorias, é preciso levar o veículo a um mecânico para se certificar de que as regras de rebaixamento foram cumpridas;
  • Assim que você receber o laudo do INMETRO, é necessário entregar este laudo ao DETRAN. Eles podem realizar uma nova vistoria no automóvel, para certificar que o laudo é verdadeiro;
  • Para começar a circular na estrada com seu carro rebaixado, você precisa esperar que a documentação chegue, após a realização correta de todos os procedimentos;
  • Vale lembrar que a infração para o condutor flagrado dirigindo veículo rebaixado sem autorização, é considerada grave, com multa de aproximadamente R$ 128,00 e perda de cinco pontos na CNH.

Porque o Recorra Aqui pode te ajudar?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, ficaremos feliz em ajudá-lo.

Se você gostou, COMPARTILHE para que mais pessoas saibam como recorrer de suas multas de trânsito.

Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.