CNH Cassada

 

Ter a CNH Cassada não é nada legal e, se isso acontecer com você, você perderá definitivamente a CNH, ou seja, terá que passar por todo o processo de uma nova CNH desde o início, como se nunca a tivesse: curso de CFC nas autoescolas, aulas práticas, prova, enfim.

Vou tratar aqui alguns tópicos pontuais sobre o que você precisa saber sobre a CNH Cassada.

O primeiro ponto que você precisa saber é que CNH Suspensa não é a mesma coisa que CNH Cassada.

O motorista que tem a CNH cassada (art. 263 CTB), vai ficar 2 anos impedido de dirigir, além disso, depois de cumprido o prazo, vai passar por um processo que se chama reabilitação, ou seja, vai fazer tudo do zero, todos os exames, aulas teóricas, aulas práticas, provas para uma nova CNH, como se fosse a primeira vez.

O pior é que além de passar por todo o processo da autoescola, tendo que fazer provas práticas e teóricas, quando concluir o curso receberá a permissão para dirigir por 12 meses. E só depois de um ano poderá ter a CNH definitiva.

 

CNH Cassada, como acontece?

A CNH Cassada pode ocorrer porque o condutor dirigiu veículo durante o período que estava suspenso; quando o condutor for reincidente, ou seja, cometer pela segunda vez dentro do prazo de 12 meses as infrações contidas no inciso II do artigo 263 do CTB e; quando for condenado judicialmente por algum crime de trânsito.

Para não ter a CNH Cassada o motorista poderá se defender recorrendo, apresentando provas e argumentos que embasem suas justificativas contra o ato do órgão.

Mas atenção, a CNH Cassada só pode ser exigida depois de finalizado todo o processo administrativo de cassação do direito de dirigir, que é instaurado pelo DETRAN.

Por isso, é importante que você recorra e mantenha o seu direito de dirigir, ainda mais os motoristas profissionais que dependem da CNH para sobreviver.

E é por isso que estamos aqui, para te ajudar a recorrer da CNH Cassada, para que você mantenha o seu direito de dirigir.

Para preencher o formulário de contato e se defender da cassação da sua CNH, clique no botão abaixo:

 

Compartilhe