Como fazer indicação de motorista?

Dicas - Como fazer indicação de motorista? - Recorra Aqui Blog

Caso você seja proprietário de um veículo e costuma sempre emprestar o seu automóvel a outro condutor, seja ele quem for, fique atento, o risco de você ter de arcar com as consequências de uma infração cometida por outra pessoa aumenta consideravelmente.

Nesses casos, a lei assegura a todo proprietário de veículo a indicação de condutor.

Com isso, você evita os pontos, a multa e todas as medidas administrativas provenientes da infração notificada.

O que diz a lei?

A questão acerca da responsabilidade das infrações de trânsito está descrita nos parágrafos 3º, 7º e 8º do art. 257 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB):

“Art. 257

As penalidades serão impostas ao condutor, ao proprietário do veículo, ao embarcador e ao transportador, salvo os casos de descumprimento de obrigações e deveres impostos a pessoas físicas ou jurídicas expressamente mencionados neste Código.

(…)

3º Ao condutor caberá a responsabilidade pelas infrações decorrentes de atos praticados na direção do veículo.

(…)

7º Não sendo imediata a identificação do infrator, o proprietário do veículo terá quinze dias de prazo, após a notificação da autuação, para apresentá-lo, na forma em que dispuser o CONTRAN, ao fim do qual, não o fazendo, será considerado responsável pela infração.

8º Após o prazo previsto no parágrafo anterior, não havendo identificação do infrator e sendo o veículo de propriedade de pessoa jurídica, será lavrada nova multa ao proprietário do veículo, mantida a originada pela infração, cujo valor é o da multa multiplicada pelo número de infrações iguais cometidas no período de doze meses.”

Nota-se, claramente, que a responsabilidade sobre a infração cometida é exclusivamente do motorista ao volante no momento da autuação.

Entretanto, caso a indicação não seja feita dentro do prazo estabelecido, a responsabilidade cairá sobre o proprietário do veículo.

 

Em quais casos não posso fazer a indicação?

  • Nos casos em que, ao ser feita a autuação, o proprietário dirigia o seu veículo;
  • Nos casos em que, ao ser realizada a autuação, o motorista do veículo tiver sido identificado por uma autoridade de trânsito;
  • Quando a multa for referente ao veículo e não à condução, sendo, portanto, responsabilidade do proprietário.

 

Como fazer a indicação de condutor?

De acordo com o DETRAN, o proprietário e o condutor indicado devem assinar o formulário de indicação de condutor infrator, que vem anexado à notificação de autuação.

É uma obrigatoriedade que as assinaturas sejam originais e idênticas às dos documentos de identidade de cada um, respectivamente.

Em casos onde o motorista indicado é responsável pela pessoa jurídica proprietária do veículo, é necessário assinar dois espaços indicados no documento: o do dono do veículo e do motorista.

Além do formulário devidamente preenchido, alguns documentos são necessários: cópia da CNH ou Permissão para Dirigir; cópia de documento que identifique o proprietário do veículo ou o seu representante legal (o representante terá de reunir documentos que comprovem a representação); documento que comprove as assinaturas do motorista infrator e do dono do veículo.

Todos esses documentos devem ser enviados ao DETRAN do estado no qual o veículo está registrado, respeitando o prazo apontado no documento de notificação.

É bom lembrar que cada estado possui suas próprias regras quanto ao modelo do formulário.

Porque o Recorra Aqui pode te ajudar?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.


Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, ficaremos feliz em ajudá-lo.

Se você gostou, COMPARTILHE para que mais pessoas saibam como recorrer de suas multas de trânsito.

Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.