É permitido dirigir descalço ou de chinelos?

Dicas - É permitido dirigir descalço ou de chinelos? - Recorra Aqui - Multas e CNH - chinelo | descalço | dirigir

Muitos motoristas optam pelo conforto quando fazem pequenos percursos, dirigindo descalços ou de chinelos. Contudo, nessas ocasiões, é comum a pergunta: este comportamento é permitido?

Quem opta pelos chinelos acaba se expondo a uma multa de R$ 130,16 e a perca de pontos na carteira.

A legislação brasileira não fornece muitos detalhes sobre o assunto. De acordo com o Denatran, existe apenas um artigo que trata dos calçados utilizados pelos motoristas.

Segundo o parágrafo IV do Art. 252 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), constitui infração de trânsito “dirigir o veículo usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa a utilização dos pedais”. A desobediência da norma é uma infração média, que soma quatro pontos na CNH e uma multa no valor de R$ 130,16.

Portanto, de acordo com a lei, o motorista pode dirigir descalço. A proibição é em relação ao uso de sapatos que atrapalham o controle do veículo. Saber quais calçados se encaixam nesses termos pode depender, eventualmente, da experiência do condutor ou da preferência do fiscal.

Segundo o Denatran, a definição do que seria um calçado perigoso vem do Manual Brasileiro de Fiscalização. O texto entende que um “calçado que não se firma nos pés” é um sapato que não cobre a área do calcanhar.

Ao mesmo tempo, o calçado que “compromete a utilização dos pedais” é um sapato com formato, altura ou composição que impeçam o controle dos pedais.

Ou seja, é permitido dirigir descalço, mas não é permitido dirigir com chinelos, sandálias ou sapatos de salto ou plataforma que possam ser entendidos como obstáculos ao acionamento dos pedais.

A regra também vale para os motociclistas. Nesses casos, inclusive, o agente de trânsito pode aplicar a multa sem a necessidade de abordar o veículo, pois o mesmo pode observar o calçado à distância.

Por que é permitido dirigir descalço, mas não de chinelos?

É importante considerar que a escolha dos calçados para dirigir não é apenas para escapar de uma eventual multa, mas também de segurança. Condutores menos experientes podem ignorar o fato, contudo os chinelos são, sim, perigosos.

Um dos riscos envolvidos é que a palmilha se dobre, atrapalhando o acionamento dos pedais em um momento importante da condução. Outra possibilidade é que a parte da frente do chinelo se prenda em um dos pedais, impedindo que o motorista movimente os pés.

Porque o Recorra Aqui pode te ajudar a recorrer de multas de trânsito?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.


Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, ficaremos feliz em ajudá-lo.

Se você gostou, COMPARTILHE para que mais pessoas saibam como recorrer de suas multas de trânsito.

Avalie este conteúdo
Compartilhe

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.