Exame toxicológico: quem precisa renovar

Exame toxicológico: quem precisa renovar

Uma das leis que mais impactam os motoristas profissionais, após a mudança ocorrida no CTB em 12 de abril, é a referente ao exame toxicológico, que prevê duas formas de autuação para aqueles que não o realizarem regularmente.

Exigência do exame toxicológico

A exigência do exame toxicológico se dá para alguns tipos de condutores:

  • Motoristas com a CNH nas categorias C, D e E;
  • Motoristas com até 69 anos, a cada dois anos e seis mês;
  • Motoristas com 70 anos ou mais, a cada renovação da CNH.

Essa exigência já consta no CTB desde 2015, porém seu descumprimento não era configurado como infração.

Com as mudanças ocorridas, passam a existir duas formas de autuação nesses casos:

  • Conduzir veículo para o qual seja exigida habilitação nas categorias C, D ou E sem realizar o exame toxicológico, após 30 dias do vencimento do prazo estabelecido. Será aplicada ao condutor flagrado dirigindo ônibus, caminhões, veículos articulados etc. com toxicológico expirado. Não se aplica, portanto, a quem estiver conduzindo carro ou moto, por exemplo.
  • Não comprovar, na ocasião da renovação da CNH, a realização de exame toxicológico periódico exigido. Aplicável ao condutor habilitado nas categorias C, D ou E e que possui no documento a observação “EAR – exerce atividade remunerada” ao veículo. Não requer abordagem, gerando autuação automática, via sistema.

O segundo tópico pode ser aplicado em motoristas profissionais cujo prazo de dois anos e meio do exame toxicológico expirar após a entrada da nova lei, em 12 e abril. Para aqueles com o exame expirado até 11 de abril, há a desconsideração da infração.

Os condutores com habilitação nas categorias C, D e E, com a observação EAR na CNH, mas que não dirigem esse tipo de veículo, podem rebaixar suas respectivas categorias para A ou B até o vencimento da carteira, se livrando assim da autuação.

As penalidades previstas para esses casos são:

  • Multa de R$ 1.467,35;
  • Instauração do processo de suspensão da CNH por três meses;
  • E, para voltar a dirigir, é preciso comprovar o resultado negativo no exame toxicológico após o cumprimento da suspensão.

Renovação do exame toxicológico

Quem possui, atualmente, a habilitação com o exame toxicológico expirado pode realizar a renovação em qualquer rede de laboratórios credenciados pelo Denatran.

O resultado é encaminhado diretamente ao órgão, sem que o condutor precisa apresentar um laudo ao Detran ou a qualquer agente de trânsito.


Porque o Recorra Aqui pode te ajudar a recorrer da sua multa?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui, as suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso e sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato! Faremos uma CONSULTA GRATUITA do seu caso e ficaremos feliz em ajudá-lo. Nosso e-mail é [email protected] e nosso WhatsApp é (14) 99701-4520, ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

Também estamos nos seguintes canais:

FacebookInstagramCanal no Youtube

Se você gostou, COMPARTILHE  para mais pessoas saibam como recorrer suas multas de trânsito.

Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.