Fique por dentro dos valores das multas gravíssimas para 2019

Multas - Fique por dentro dos valores das multas gravíssimas para 2019 - Recorra Aqui - Multas e CNH - 2019 | Gravíssimas | Importante

Em 2016, após duras medidas dentro das punições previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), as multas consideradas gravíssimas passaram a ter um valor mais alto quando aplicada aos condutores.

De acordo com a atual legislação, o valor das multas gravíssimas é de R$ 293,47, e não mais de R$ 191,54. Além dos 7 pontos acrescidos na CNH.

O aumento de 65% deve-se a Lei nº 13.281/2016, que atualizou o valor de todas as multas previstas no CTB.

Além disso, algumas condutas que até então eram consideradas infrações médias ou graves, também passaram a ser consideradas gravíssimas.

Mas afinal, quais são os valores das Multas de Trânsito em 2019?

Após as alterações feitas pela Lei nº 13.281/2016, os valores das multas passaram a atender os seguintes critérios:

“Art. 258. As infrações punidas com multa classificam-se, de acordo com sua gravidade, em quatro categorias:

  I – infração de natureza gravíssima, punida com multa no valor de R$ 293,47 (duzentos e noventa e três reais e quarenta e sete centavos);

 II – infração de natureza grave, punida com multa no valor de R$ 195,23 (cento e noventa e cinco reais e vinte e três centavos);

  III – infração de natureza média, punida com multa no valor de R$ 130,16 (cento e trinta reais e dezesseis centavos);

  IV – infração de natureza leve, punida com multa no valor de R$ 88,38 (oitenta e oito reais e trinta e oito centavos).”

Contudo, um fator importante deve ser levado em conta entre os condutores: as multas gravíssimas, já caras por natureza, podem ser ainda mais endurecidas com o chamado fator multiplicador.

O valor de R$ 293,47 nestes casos pode ser multiplicado por 3, 5, 10 ou em até 60 vezes. Variando entre R$ 880,41, R$ 1.467,35, R$ 2.934,70 e R$ 17.608,20, respectivamente.

Tal fator é aplicado quando o legislador considera as infrações de maior risco à segurança do trânsito.

Como recorrer de Multas Gravíssimas?

Caso você julgue a multa aplicada injusta, a possibilidade de recorrer segue 3 passos importantes:

1. Defesa prévia

Aqui podem ser indicados possíveis erros referentes ao momento da autuação, assim como às informações apresentadas pelo órgão de trânsito.

Por exemplo, pode se apontar a ausência da indicação da placa do veículo registrada pelo agente, entre outros recursos.

Fique atento, o prazo para enviar a defesa prévia é de, no mínimo, 15 dias depois da entrega da notificação.

2. JARI

Se o prazo passar e a multa não for cancelada, ainda há a possibilidade de recorrer a Junta Administrativa de Recurso de Infração (JARI).

Nos casos em que a defesa prévia é recusada, é enviado ao condutor uma notificação de imposição de penalidade, que é o próximo passo que o condutor poderá recorrer para ser ouvido pelo órgão de trânsito.

Neste momento, é importante apresentar todas as provas que possam auxiliar no entendimento do caso.

O prazo para recorrer após o recebimento da notificação de imposição de penalidade é de 30 dias.

3. CETRAN e CONTRANDIFE

Caso o JARI também não aceite seu pedido de cancelamento, há ainda uma 2ª instância: o Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN) ou o Conselho de Trânsito do Distrito Federal (CONTRANDIFE).

Nesta etapa, é importante apresentar bons argumentos, fazendo-a ser vista com bons olhos pelos profissionais, que são reconhecidamente experientes em matéria de trânsito.

Mais uma vez, fique atento ao prazo, que é de 30 dias a partir da recusa do cancelamento pela JARI.

Porque o Recorra Aqui pode te ajudar a recorrer de Multas Gravíssimas?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.


Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, ficaremos feliz em ajudá-lo.

Se você gostou, COMPARTILHE para que mais pessoas saibam como recorrer de suas multas de trânsito.

Avalie este conteúdo
Compartilhe

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.