Isenção de ICMS para PcD será oferecida até março de 2022

Isenção de ICMS para PcD será oferecida até março de 2022

ICMS: As isenções de impostos para pessoas com deficiência (PcD) concedidas durante a aquisição e posse de automóveis têm sofrido grandes mudanças. Em alguns estados, como é o caso de São Paulo, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) voltou a ser cobrado e novamente dispensado. A isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que não estipulava valor máximo para os carros, agora tem um teto de R$ 70 mil. Hoje, é a vez do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para PcD virar assunto.

Isenção do ICMS para PcD prorrogada

E a notícia é relativamente boa: a isenção do ICMS para PcD foi prorrogada por mais 12 meses. Acontece que o aumento do teto para a dispensa não foi atendido pelo Conselho de Política Fazendária (Confaz).

A discussão do Convênio 38/2012, que concede a isenção do ICMS para PcD na compra de veículos 0 km, era esperada pelo público e pela mídia especializada.

“Pelas informações que recebi, de forma oficial, o convênio foi renovado por mais 12 meses e foi mantido o mesmo valor teto”, afirmou o Deputado Federal pelo Rio de Janeiro Otávio Leite à Revista Reação.

A oficialização da prorrogação do prazo para março de 2022 será divulgada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

Alessandro Fernandes, colunista do AutoPapo, comentou:

Se o reajuste fosse pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), de 2009 para cá os R$ 70 mil seriam R$ 164 mil!

Isso porque, em 2012, quando foi firmado o primeiro convênio de isenção de ICMS para PcD, o dólar comercial estava cotado em menos de R$ 1,80.

De acordo com o especialista Renato Baccarelli, o atual teto de R$ 70 mil restringe em 97% os modelos de carros zero disponíveis no mercado.

“Olhando de maneira otimista para a notícia da prorrogação da isenção do ICMS até março de 2022, nos mesmos R$ 70 mil de teto e com validade de quatro anos para que a pessoa fique com o carro, igualando-se ao IPI, recém alterado pelo Governo Federal, ficamos pelo menos com o mercado, se não ativo como já foi um dia, funcionando”, comenta Rodrigo Rosso, diretor do Sistema reação e presidente da Associação Brasileira da Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Assistiva (Abridef).

Fonte: AutoPapo


Porque o Recorra Aqui pode te ajudar a recorrer da sua multa?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui, as suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso e sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato! Faremos uma CONSULTA GRATUITA do seu caso e ficaremos feliz em ajudá-lo. Nosso e-mail é [email protected] e nosso WhatsApp é (14) 99701-4520, ou (11) 95639-9557 podemos e queremos te ajudar!

Também estamos nos seguintes canais:

FacebookInstagramCanal no Youtube

Se você gostou, COMPARTILHE  para mais pessoas saibam como recorrer suas multas de trânsito.

Avalie este conteúdo
Compartilhe

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.