O que acontece se eu não entregar a CNH suspensa?

De acordo com o inciso III do Art. 256 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) uma das possíveis penalidades para quem comete infrações de trânsito é a suspensão do direito de dirigir.

Conforme descreve o Art. 261 do CTB, essa suspensão é imposta em duas situações:

“Quando o motorista acumula 20 pontos por infrações de trânsito em um período de 12 meses;

Quando comete uma infração que tem como penalidade específica a suspensão do direito de dirigir”.

A primeira situação diz respeito ao já conhecido sistema de pontuação. E a segunda faz referência a infrações cujo dispositivo infracional estabelece, além da multa, a suspensão como penalidade.

O que acontece se minha CNH for suspensa?

Caso o condutor se defenda, mas a penalidade seja mantida, mesmo se ele não entregar a CNH suspensa terá de ficar sem dirigir.

O parágrafo 1º do Art. 261 é quem estabelece os possíveis prazos de vigência da penalidade, conforme o motivo da suspensão.

Quando há excesso de pontos, o documento ficará suspenso de seis meses a um ano. Ou por oito meses a dois anos caso esse excesso seja registrado pela segunda vez em um período de 12 meses.

Quando é cometida uma infração que causa a suspensão automática da CNH, o infrator ficará sem dirigir por dois a oito meses, ou por oito a 18 meses em caso de reincidência em 12 meses.

O órgão responsável pela aplicação da penalidade definirá o prazo exato levando como base o grau da infração, as circunstâncias em que ela foi cometida e os antecedentes do infrator.

Minha CNH foi suspensa, e agora?

O primeiro passo é se atentar ao que não fazer, como dirigir enquanto estiver valendo o prazo de suspensão imposto pelo órgão de trânsito.

Porém, esse prazo só começará a ser contado depois que for dada ao condutor a oportunidade de se defender.

Portanto, se o processo administrativo foi recém aberto, o que deve ser feito é preparar a defesa ou recurso para tentar a anulação da penalidade.

Caso o motorista não queira recorrer e opte por cumprir a suspensão, basta entregar a habilitação depois de ter em mãos a notificação de imposição da penalidade.

Nesses casos, além de esperar o prazo de suspensão passar, o motorista precisará fazer um curso de reciclagem para condutores infratores.

Se quiser ter a CNH de volta, ele também precisará participar de todas as aulas e ser aprovado no teste teórico.

E se eu não entregar a CNH?

Se o condutor recebeu a notificação do Detran solicitando a entrega do documento e não o fez, tal ato não é considerado como uma infração segundo o Código de Trânsito Brasileiro e tampouco segundo o Contran.

Portanto, se o condutor não entregar a CNH suspensa a princípio não acontece nada. O que não quer dizer que basta deixar de fazê-lo para continuar dirigindo, pois terminado o prazo estabelecido na notificação para entregá-la, a penalidade constará no registro do motorista mesmo assim.

Então, o motorista estaria dirigindo irregularmente mesmo continuando em posse do documento. O condutor que é flagrado nessa condição é multado, de acordo com o inciso II do Art. 162 do CTB:

“Art. 162. Dirigir veículo:

(…)

II – com Carteira Nacional de Habilitação, Permissão para Dirigir ou Autorização para Conduzir Ciclomotor cassada ou com suspensão do direito de dirigir:

Infração – gravíssima;

Penalidade – multa (três vezes);

Medida administrativa – recolhimento do documento de habilitação e retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado”

Por se tratar de uma infração gravíssima com multa de três vezes, o infrator terá de pagar R$ 880,41.

Porém, essa não é a única consequência de ser flagrado dirigindo com a CNH suspensa. Segundo o inciso I do Art. 263 do CTB, essa é uma das hipóteses em que o documento de habilitação é cassado.

Porque o Recorra Aqui pode te ajudar?

Ao contratar os serviços do Recorra Aqui suas chances aumentam, uma vez que conhecemos as brechas da lei e as falhas dos órgãos de trânsito, além disso você terá uma defesa 100% personalizada, onde garantiremos o seu amplo direito de defesa para que você continue dirigindo, contando com a melhor assessoria técnica e personalizada sem sair de casa, de forma segura e 100% online, além disso:

  • Todo o esforço é por nossa conta. Nós elaboramos o seu recurso por inteiro. Você não precisa se preocupar.
  • Todos os recursos administrativos cabíveis estão incluídos. Precisou de Defesa Prévia? Vai precisar recorrer à JARI ou ao CETRAN? Nosso objetivo é que você tenha as maiores chances de sucesso sem ter que pagar a mais por isso.
  • Você não precisa ter nenhum conhecimento de lei ou técnico.
  • Se você tiver dúvidas, é só perguntar à nossa equipe. Você tem acesso a um técnico administrativo para tirar qualquer dúvida que tiver, inclusive pelo WhatsApp, sem custo adicional.
  • Nós conhecemos todos os erros dos órgãos de trânsito que podem ajudar a ganhar o seu  recurso. Sempre que identificamos um destes erros, redigimos um documento técnico para reverter o erro e ganhar o processo.

Finalmente uma maneira rápida, 100% dentro da Lei, feita por uma equipe experiente que vai te ajudar passo a passo a recorrer da sua multa e manter sua CNH.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, ficaremos feliz em ajudá-lo.

Se você gostou, COMPARTILHE para que mais pessoas saibam como recorrer de suas multas de trânsito.

Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.