Vistoria veicular: entenda sobre seus processos e importância

Dicas - Vistoria veicular: entenda sobre seus processos e importância - Recorra Aqui Blog

A vistoria veicular é um procedimento importante para atestar que os veículos estão em boas condições de uso, permitindo a transferência da documentação para o novo proprietário.

Além dela, durante o tempo em que o veículo está em posse de uma pessoa, é importante que sejam realizadas manutenções periódicas.

Tais manutenções devem ser feitas a fim de evitar riscos de mau funcionamento e de acidentes, principalmente por conta do trânsito intenso das cidades.

Afinal, os automóveis, como carros e ônibus, são os meios de transporte que circulam em maior quantidade no Brasil. 

Para se ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), a frota brasileira de veículos está estimada em cerca de 66 milhões, o que comprova a grande circulação.

Desse modo, fazer as manutenções regularmente, bem como garantir que os documentos estejam sempre atualizados e em ordem é obrigação do condutor para garantir sua seguridade e dos demais civis.

Apesar disso, é natural que muitas pessoas tenham dúvidas quanto aos procedimentos de vistorias e documentações necessárias para garantir a manutenção veicular em dia, o que acaba prejudicando muitos veículos e seus proprietários.

Por esse motivo, neste artigo, vamos abordar dois cuidados importantes com o veículo. O primeiro é a vistoria e o outro é a manutenção regular e preventiva. Afinal, saber a diferença entre eles é importante para que o carro esteja sempre pronto para circular.

O que é a vistoria veicular?

A vistoria veicular é um procedimento obrigatório pela legislação de trânsito brasileira e tem como objetivo atestar que um veículo possui as devidas condições de uso. 

Desse modo, esse serviço impede que os veículos que não apresentam condições mínimas de uso circulem pelo país.

Ou seja, a ausência de itens como bancos, rodas, faróis, peças do motor ou da parte elétrica impedem que o veículo funcione de forma adequada. Mais ainda, na checagem os problemas nessas peças podem impedir a circulação automóvel.

Isso porque a verificação tem como objetivo evitar que os automóveis provoquem acidentes ou coloquem em risco a vida das pessoas.

Além disso, a vistoria visa atestar que as informações contidas nos documentos do veículo são verdadeiras.

Outra verificação importante realizada durante a vistoria está relacionada aos dados do veículo e do documento.

Assim os dados relacionados ao chassi do veículo, numeração de placa e informações como marca, modelo, ano de fabricação precisam constar no documento e ser compatível com o veículo, evitando fraudes como clonagens e transferência de automóveis roubados.

De modo geral, essa vistoria deve ser feita quando há compra ou venda, mudança de cidade ou quando alguma alteração é realizada no carro. Assim, se o carro for blindado ou passar por tal processo, é necessário ter a documentação blindagem veicular.

Rebaixamentos, troca de pintura, decorações no veículo, envelopamento e outras alterações também precisam ser especificadas e um novo documento deve ser gerado.

As empresas que fazem essa vistoria precisam estar devidamente habilitadas pelos órgãos responsáveis pela fiscalização de trânsito e são conhecidas como ECV.

É importante lembrar que a vistoria é obrigatória e que o laudo cautelar veicular só é emitido se o carro estiver dentro das normas exigidas. Após a emissão do laudo, o veículo pode ser transferido ao novo proprietário.

O que é revisão veicular?

Independentemente da idade do carro ou a frequência de uso dele, é importante realizar, periodicamente, a revisão veicular.

Essa revisão tem como intuito garantir que todas as peças do veículo estejam funcionando perfeitamente. Isso evita danos maiores ao carro e prejuízos financeiros para o proprietário.

Para realizar essa manutenção, é essencial procurar uma autorizada da fabricante ou uma oficina mecânica de confiança.

Vale ainda destacar que tal procedimento diminui os riscos de quebra e falhas automotivas. Mais que isso os gastos com uma manutenção preventiva são muito menores do que os gastos com conserto.

Assim, ela funciona como um check-up que fazemos para verificar a nossa saúde.

Na revisão, é feita uma checagem de todas as peças e do sistema do automóvel, evitando que elas se danifiquem e prejudiquem o funcionamento do carro.

Isso porque é natural que automóvel sofra com um desgaste de suas peças. No entanto, a ausência da manutenção faz com que elas se desgastem ainda mais rapidamente.

Desse modo, a manutenção previne o desgaste excessivo e garante a máxima potência para o veículo.

No dia a dia, os condutores verificam alguns itens como nível de óleo e água, calibragem dos pneus e funcionamento das lâmpadas, mas é somente a manutenção preventiva que evita danos maiores e garante a segurança de todos.

Geralmente, a revisão deve ser feita a cada 6 meses ou a cada 10 mil km rodados, mas existem veículos que possuem exigências diferenciadas.

Quando o proprietário leva seu veículo para a revisão semestral, os itens avaliados são:

  • Água do radiador;
  • Nível de óleo do motor;
  • Filtro de combustível;
  • Filtro de ar;
  • Filtro do ar-condicionado;
  • Luzes e faróis;
  • Pneus;
  • Sistema de suspensão;
  • Alinhamento do carro;
  • Bateria;
  • Motor de arranque;
  • Alternador;
  • Sistema de freios;
  • Fios, fusíveis e cabos elétricos;
  • Sistema de embreagem.

O ideal é não esperar algum problema aparecer para tomar uma atitude. Por esse motivo a revisão mecânica tem mais efeito quando feita periodicamente, evitando imprevistos e gastos desnecessários.

Outros cuidados também são importantes para cuidar bem do carro, confira alguns no tópico a seguir.

Dicas de cuidados com veículos

Além da vistoria veicular e da revisão periódica, existem outros cuidados que devem ser tomados com os veículos.

Um exemplo disso é a manutenção de vidros blindados. Basicamente, os vidros dos carros blindados passam por um processo que garante mais resistência ao material e, consequentemente, mais segurança aos passageiros. 

No entanto, com o passar do tempo, é necessário fazer a manutenção da blindagem para que ela mantenha sua eficácia.

Além dos vidros, os amortecedores são peças importantes para garantir a proteção contra impactos e o conforto para o carro. 

Desse modo, a manutenção de amortecedor automotivo é necessária e, em alguns casos, é necessário trocar a peça.

Já a injeção eletrônica é um sistema de alimentação de combustível e gerenciamento eletrônico que precisa ser revisado periodicamente. Ela foi desenvolvida para substituir o carburador e seu uso é obrigatório nos veículos fabricados no Brasil.

Devido ao fato de reduzir a emissão de gases poluentes, a injeção eletronica automotiva também é obrigatória e evita que o veículo circule pela cidade poluindo o ambiente.

Outro item essencial é o motor de partida, responsável por acionar o carro e seu sistema de funcionamento por meio de uma chave.

Assim, quando uma pessoa gira a chave no contato e o carro não responde, uma das razões pode ser problemas com esse motor.

Para identificar a origem do mau funcionamento,  é necessário contar com a ajuda de um bom profissional para realizar manutenção motor de arranque.

Um dos itens mais cobiçados nos veículos são as rodas de liga leve. Essas rodas são fabricadas em um material mais leve, como diz o seu nome, e que possibilitam um desempenho melhor ao veículo.

Vale destacar que apesar da leveza do material, que permite mais agilidade aos movimentos, as rodas são mais resistentes, não amassam e nem se danificam com facilidade.

No entanto, assim como qualquer item que faz parte de um carro, essas rodas também podem sofrer desgaste, o que acaba por exigir o conserto de rodas de liga leve para garantir sua qualidade.

Esse conserto deve ser realizado em oficinas e borracharias especializadas pois trata-se de um material que, apesar de resistente e sofisticado, deve ser manuseado por quem entende do assunto.

Ter um veículo implica em muitas responsabilidades, mas ainda assim muitas pessoas acreditam que basta comprar o carro e ter habilitação para que tudo dê certo.

Os veículos são bens importantes e que ajudam as pessoas em momentos de lazer, para ir ao trabalho, levar os filhos a escola, viajar, sair com os amigos e até em momentos de urgência.

Só que é preciso cuidar bem dele para que atenda a todas as necessidades e imprevistos que podem surgir. Assim para evitar gastos indesejados que podem comprometer o orçamento, é importante se atentar às manutenções.

Manter os documentos sempre em ordem e pagar todas as taxas e impostos exigidas para a circulação de veículos também é essencial.

Trata-se de uma obrigação imposta a todos os proprietários de automóveis para que o trânsito seja um lugar mais justo e seguro para todos.

Independentemente da frequência ou do tempo de uso e compra do seu automóvel, é importante estar atento a todos os seus cuidados e aos sinais que ele passa.


Um veículo bem cuidado e com a manutenção em dia garante mais bem-estar e seguridade para todos, sejam motoristas, passageiros ou pedestres. 

Além disso, prezar pelo cuidado e manutenção tem grande impacto na valorização na hora de trocar ou vender o automóvel, acarretando em um investimento feito a longo prazo. 

 Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.